Retrospectiva do E-Commerce em 2020

Retrospectiva do E-Commerce em 2020

Retrospectiva - E-Commerce - Comércio Eletrônico - Loja Virtual

Este ano está chegando ao fim com inúmeras transformações para todos, mas para o Comércio Eletrônico, 2020 foi mais que especial, sobretudo, porque trouxe para as pessoas, apesar das medidas de restrições físicas, o poder da compra em qualquer lugar, mas mais ainda, pela oportunidade das empresas de expandirem seus negócios além do comércio local.

Claro que as grandes marcas do E-Commerce se consolidaram ainda mais, mas a grande diferença aconteceu no pequeno varejo, que se obrigou a adiantar o seu planejamento e fazer em poucos dias o que pretendia fazer nos próximos anos.

Com isso, muitos foram obrigados a vender pela internet da noite para o dia, o que gerou grande transformação e, principalmente, fez o empreendedor se desafiar ainda mais.

E como o Comércio Eletrônico veio para ficar, muitas mudanças também aconteceram.

A primeira delas foi o número gigante de novos consumidores online, onde estima-se um crescimento de 40% em relação a 2019, ou seja, quem nunca havia comprado online, este ano, fez sua primeira compra e gostou tanto, que continuará consumindo pela internet.

A segunda transformação foi nas plataformas de E-Commerce, que ficaram mais acessíveis a todos os lojistas e mais fáceis de manusear. E isso vale tanto para aquele pequeno varejo, com plataformas gratuitas, básicas, mas que ajudaram essas empresas num primeiro momento, como nas plataformas mais robustas e com muito mais recursos, o que assegura uma estrutura mais organizada, recursos mais modernos, estratégias mais avançadas e, logo, resultados mais duradouros.

A terceira transformação foi quanto aos meios de pagamento, que avançaram e implementaram métodos que evitam o contato direto. Pagamentos com QR Code e PIX foram a grande novidade, onde o uso destes pagamentos por aproximação têm crescido de mês em mês.

A quarta transformação foi quanto à logística, que além de contribuir para a entrega dos produtos de maneira rápida e ágil, gerou muito emprego de motoristas autônomos. O setor de entrega também movimentou o delivery de comidas, que não parou nem nos momentos mais críticos da pandemia.

Outra transformação foi no setor de Marketplace que, o que era desconhecido para muitos lojistas, passou a ser a salvação para aqueles que não sabiam como montar sua primeira Loja Virtual.

A sexta transformação foi a mudança dos eventos físicos para o mundo digital. As lives foram o destaque neste setor e quem não conseguia participar ou fazer todos os cursos que queria, agora, estão conseguindo já que a maioria deles está de forma online, e isso vale tanto para quem quer fazer um curso como para quem quer promover um.

As mudanças foram muitas este ano e irão continuar em 2021, sendo que a entrada no mundo digital é um processo sem volta, por isso, quem ainda não se arriscou na internet, terá que criar coragem e entrar neste mercado o quanto antes.

Atendimento via WhatsApp
Este site pode utilizar cookies para segurança e para lhe assegurar uma experiência otimizada. Você concorda com a utilização de cookies ao navegar neste ambiente? Conheça a nossa Política de Privacidade.